Entenda como a Comunicação Visual pode impactar a apresentação da sua marca.

A comunicação visual é uma ferramenta que pode lhe ajudar a passar uma mensagem compartilhável, prática e até mesmo divertida. Veja como fazer isso!

A comunicação, de uma forma geral, serve para transmitir uma mensagem sobre algo a alguém. No entanto, existem várias formas dela ser feita, como por exemplo:


• A Verbal;


• Não verbal;


• Visual.


Ao longo deste artigo, vamos nos atentar somente à comunicação visual. Portanto, continue acompanhando o texto e entenda tudo sobre ela. O que é uma comunicação visual?

Uma comunicação visual é aquela que NÃO se utiliza de textos para transmitir a mensagem. Ao contrário, ela está baseada em imagens, em formato de:


• Posts de redes sociais;

• Outdoors e flyers;

• Jornais e revistas;

• Vídeos;

• Publicidades;

• Infográficos;

Dentro de uma organização, por exemplo, a comunicação visual é uma estratégia não verbal de marketing.


Porque analisar uma comunicação visual?

No aspecto profissional, a comunicação por meio das imagens pode contribuir em todos os sentidos: seja para a divulgação de uma empresa ou de um negócio, para uma apresentação, uma palestra e etc.


Suponhamos que você está prestes a realizar uma apresentação do seu novo produto para um cliente. Há várias formas de abordá-lo, claro, mas uma imagem – que transmite tudo o que quer passar – pode ser única e suficiente para captar este cliente.


Além disso, as imagens têm o poder de serem mais impactantes e memoráveis, fazendo com que as pessoas fiquem com ela na cabeça por um período de tempo maior do que um texto, por exemplo.


Conseguiu compreender a importância de se utilizar deste tipo de comunicação para o que quer que seja na sua vida profissional? Quais são os tipos?

1. Storytelling

A comunicação visual pode ser muito bem realizada através do Storytelling. Quando contamos uma história, algumas pessoas tendem a se conectar com o assunto, o que faz com que se estabeleça uma relação de reciprocidade e aproximação.


Se você estiver dando uma palestra ou até mesmo participando de uma apresentação, por que não colocar uma imagem que por si só diz tudo? Uma imagem que traga uma história, um contexto, uma referência, um personagem, uma identidade? Uma imagem que gere a comoção da plateia?


Suponhamos que você queira trazer uma apresentação sobre “Amor Próprio”. Não seria interessante colocar uma imagem ou um vídeo de uma pessoa feliz, com boa aparência ou até mesmo superada de algum problema? Assim, aumentarão as chances daqueles que estiverem assistindo se conectarem com a situação! 2. Identidade

O tópico Identidade é um tópico muito importante, portanto atente-se a ele!!! Se você quer fazer comunicação visual com algo ou alguém, PRECISA levar em consideração uma identidade.


Esta identidade, no caso das empresas e dos negócios, é muitas vezes atrelada à identidade visual. Um logo de uma marca, por exemplo, é suficiente para que você se conecte com a proposta, os ideais e a oferta dela. Vamos exemplificar com a maçã da Apple. Só de vê-la, você já se liga à marca Apple, aos produtos eletrônicos mais requisitados do mundo e, por aí vai.


Caso você seja um palestrante, a identidade pode ser proporcionada pelo que será apresentado. Como você planeja o seu PPT? Quais são as cores que vai usar para abordar determinado assunto? Qual a forma que você se apresenta? Você possui uma identidade pessoal?

3. Experiência emocional

Muitas vezes, quando saímos de uma reunião, palestra ou algo parecido, não nos lembramos de muita coisa do que foi dito, pois nosso cérebro tende a se recordar somente dos pontos mais relevantes.


Agora, algo que conseguimos afirmar é que: podemos não nos lembrar do que foi dito, mas dificilmente iremos nos esquecer do que nos causou uma experiência emocional.


Exemplo: sua apresentação sobre “Amor Próprio” contou com um vídeo potente que fez com que o público tivesse alguma reação?


Esse vídeo foi o divisor de água para que as pessoas saíssem de lá com uma outra ideia sobre o assunto? Pode ter certeza que esta experiência emocional não será esquecida, pelo contrário, será lembrada e até mesmo compartilhada. Aproveite para ler também 8 Dicas para uma comunicação visual de impacto Gostou desse post? Compartilhe em suas redes sociais.